Buscar
  • Maracatu Intelligence

Atuação do nutricionista na indústria e no comércio de alimentos

Atualizado: 4 de Set de 2020





A Lei Nº 8234, de 17 de setembro de 1991 regulamenta a profissão de Nutricionista e a Resolução CFN nº 600/2018, definem os campos de atuação do profissional, das quais a área da indústria e comércio de alimentos merece destaque pelo desenvolvimento e avaliação da qualidade de produtos alimentícios nas Indústrias de Alimentos.


Atualmente, com a crescente inserção de novas matérias-primas convencionais e não convencionais, fonte de bioativos, no desenvolvimento de novos produtos alimentícios, o nutricionista, propõe novas formulações ou modificações das formulações de produtos alimentícios, coordenando todas as etapas da linha de produção e do controle de qualidade, de forma que atenda as Boas Práticas de Fabricação (BPF), garantindo a qualidade higiênico-sanitária dos produtos.


O controle da qualidade sensorial do produto alimentício também é uma habilidade do nutricionista, nessa área de atuação, assim como a informação nutricional, e a adequação dos padrões de identidade e qualidade (PIQ) preconizados pela legislação vigente.


O comércio de alimentos, tem como subárea de atuação do nutricionista, o marketing na área de alimentação e nutrição; um mercado de trabalho pouco explorado pelos profissionais, mas que nos últimos anos vem se destacando,


Logo, o nutricionista pode atuar na divulgação de produtos e serviços ligados à nutrição; elaboração de informes técnico-científicos e na pesquisa científica elaborando monografias sobre composição química dos produtos; gerenciando projetos de desenvolvimento de produtos alimentícios e serviços relacionados à nutrição, tais como, software e aplicativos; participação da elaboração de rótulos e embalagens; divulgação em eventos científicos de produtos alimentícios; divulgação de produtos alimentícios, dietas e suplementos para outros profissionais de saúde; atendimento ao consumidor esclarecendo sobre utilização dos produtos alimentícios, dietas e suplementos.


Ressalta-se a ampla contribuição do nutricionista nessa área de atuação desafiadora, tendo em vista, que agregado ao desenvolvimento de produtos alimentícios, o nutricionista deve seguir as políticas e programas de Nutrição em Saúde Pública e diretrizes e da nutrição clínica e coletiva, para garantir a segurança alimentar e nutricional da população que consome alimentos industrializados.

Créditos




Msc Jaide Almeida docente da disciplina de Marketing Empreendedorismo em nutrição e curso de Pós graduação




Profa. Silvana Magalhães Salgado. Mestre e Doutora em Nutrição. Docente da UFPE


Fonte :

Lei nº 8.234, de 17 de setembro de 1991 (DOU 18/09/1991) Regulamenta a profissão de nutricionista e determina outras providências.

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS. Resolução CFN No 600/2018. Dispõe sobre a definição das áreas de atuação do nutricionista e suas atribuições, indica parâmetros numéricos mínimos de referência, por área de atuação para a efetividade dos serviços prestados à sociedade e dá outras providências.

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo